Engajamento de stakeholders

Por que fazemos isso?

Os membros do SCF ocupam uma posição especial na cadeia de valor da soja, pois conectam os produtores a empresas de ração animal e varejistas na parte inferior da cadeia. Para além da cadeia de valor, também operamos em um ecossistema complexo de stakeholders (partes interessadas) que inclui a sociedade civil, lideranças comunitárias, investidores e o setor público.

Com isso, temos a oportunidade única de identificar e buscar pautas e pontos de melhoria em comum em toda a cadeia de valor da soja para ajudar a proteger a subsistência dos produtores e, simultaneamente, atender à demanda crescente dos consumidores globais por alimentos e rações mais sustentáveis.

Este grupo de trabalho é o ramo de alcance externo do SCF, que garante a transparência e o diálogo com stakeholders externos.

Engage Stakeholders static

Onde estamos

Initiating an expansion to the Gran Chaco via collaboration with ViSeC, an Argentina-based multi-stakeholder coalition

A coalisão da Visión Setorial del Gran Chaco Argentino (ViSeC em espanhol) é um espaço de discussão pré-competitivo coordenado pela The Nature Conservancy, Tropical Forest Alliance, Peterson Control Union e CIARA/CEC. Seu objetivo é reunir as principais empresas envolvidas na originação, no processamento e na comercialização de commodities agrícolas provenientes do Chaco argentino para abordar os impactos ambientais da produção de soja.

O SCF apoiará essa iniciativa regional emergente para garantir que as duas organizações compartilhem conhecimentos e aprendizados sobre desafios comuns para monitorar, relatar e verificar informações sobre mudanças no uso do solo. O SCF também integrará a estrutura de governança da ViSeC por meio de:

  • participação nas discussões técnicas do grupo de trabalho e
  • estabelecimento de uma relação institucional que garanta o reconhecimento de objetivos mútuos e os benefícios do compartilhamento de conhecimentos.

Engajamento da cadeia de valor da soja para desenvolver uma metodologia comum de reporting de DCF e expandir as intervenções na paisagem

O SCF está trabalhando em estreita colaboração com empresas da parte inferior da cadeia, por meio da Forest Positive Coalition of Action do Consumer Goods Forum (CGF FPCoA), e com outros stakeholders para estabelecer definições comuns de risco de desmatamento e conversão, incluindo fatores, mapas e limiares para o fornecimento de soja do Cerrado.

Também estamos buscando sinergias com plataformas de múltiplas cadeias de valor, como CGF FPCoA e o IMAGINE Food Collective, para defender soluções que maximizem os incentivos aos agricultores e revelem o valor da natureza no setor de alimentos.

Engajamento com stakeholders do setor financeiro

O setor financeiro é fundamental para impulsionar mudanças nas cadeias de fornecimento de soja livre de desmatamento e conversão e deve desempenhar um papel em desviar os fluxos financeiros dos modelos de desenvolvimento de alto risco. Neste contexto, o SCF continua se relacionando com o Sustainable Commodities Practitioners’ Group da Principles for Responsible Investment, uma rede de investidores apoiada pelas Nações Unidas, para fornecer feedbacks construtivos sobre a criação de uma Política de Desmatamento modelo e, assim, garantir que os investimentos sejam direcionados para negócios responsáveis.

Além disso, para reforçar sua ambição de transformar paisagens, o SCF continua buscando stakeholders do setor financeiro para ajudar a alavancar todo o potencial da iniciativa Farmer First Clusters.

Em 2022, continuamos um diálogo positivo com o Soft Commodities Forum, refinando o escopo da nossa colaboração. Quanto à transparência na cadeia de suprimentos, estamos definindo uma estrutura comum de relatórios sobre soja livre de desmatamento e conversão (DCF), analisando definições de risco desprezível da soja DCF, as certificações da soja DCF e as avaliações remotas da soja DCF no nível da fazenda. No engajamento relacionado à tranformação de paisagens, estamos desenvolvendo um plano de trabalho comum que inclui a definição de indicadores de monitoramento da paisagem e investimento conjunto em paisagens prioritárias de soja no bioma Cerrado. Essas definições comuns farão parte do documento CGF Soy Sourcing Guidelines (Diretrizes de fornecimento de soja do CGF) atualizado, que será publicado ainda este ano. Dessa forma, esperamos contribuir para a superação dos desafios setoriais e sistêmicos que dependem da colaboração da cadeia de suprimentos para serem enfrentados.

Steven Ripley
Steven Ripley

Copresidente, Soy Working Group do The Consumer Goods Forum’s Forest Positive Coalition

Group Responsible Sourcing Manager (Forests) da Tesco

Steven Ripley

Estamos realmente animados para ver a aplicação da iniciativa Farmer First Clusters este ano. Acreditamos que a colaboração com o Soft Commodities Forum no Cerrado pode ajudar a criar um ponto de virada positivo no Brasil e em outros locais em direção a um sistema em que os mercados recompensem a conservação da natureza e a agricultura regenerativa. Estamos ansiosos para ajudar a ampliar os mecanismos da abordagem Farmer First Clusters e usá-los em novos modelos de negócios por meio do trabalho do nosso coletivo, que reúne CEOs e empresas de toda a cadeia de valor da soja.

Pablo Barrera Lopez
Diretor Executivo do IMAGINE Food Collective
Pablo Barrera
Somos muito gratos pelo apoio do nosso Grupo Consultivo (Advisory Group), composto pela The Nature Conservancy, Tropical Forest Alliance e Proforest. Essas organizações forneceram aconselhamento estratégico e feedback sobre nossos marcos e planos de trabalho anuais, garantindo o foco nas mais altas prioridades de sustentabilidade no âmbito do setor e no escopo do SCF e que nossos padrões e metodologias sejam reconhecidos pela sociedade civil.

Próximos passos

Mobilização de recursos para a Iniciativa Farmer First Clusters

Criar coalizões e mobilizar recursos em favor de investimentos bem-sucedidos em paisagens, alinhados com a iniciativa Farmer First Clusters.
0

Expansão para o Chaco argentino

Garantir que os aprendizados do SCF contribuam para a ambição da ViSeC de preservar o Chaco argentino.

Engajamento com a cadeia de valor da soja

Continuar se relacionando com toda a cadeia de valor para progredir em direção ao alinhamento de metodologias de reporting, monitoramento e definições de risco.