Engajamento de stakeholders

Por que fazemos isso?

 

Os membros do SCF ocupam uma posição especial na cadeia de valor da soja, pois conectam os produtores a empresas de ração animal e varejistas na parte inferior da cadeia. Para além da cadeia de valor, também operamos em um ecossistema complexo de stakeholders (partes interessadas) que inclui a sociedade civil, as lideranças comunitárias, os investidores e o setor público.

Com isso, temos a oportunidade única de identificar e buscar pautas e pontos de melhoria em comum em toda a cadeia de valor da soja para ajudar a proteger a subsistência dos produtores e, simultaneamente, atender à crescente demanda dos consumidores globais por alimentos e rações mais sustentáveis.

Engage Stakeholders static

Onde estamos

Engajamento de fornecedores indiretos

Os agricultores são um stakeholder prioritário para o SCF, considerando o seu papel fundamental na criação de mercados de soja sustentáveis. Promover a rastreabilidade até a parte mais superior da cadeia de abastecimento significa imprescindivelmente envolver produtores, mesmo que sejam fornecedores indiretos. Compreender a sua percepção e a realidade local é fundamental para nos ajudar a criar e apoiar soluções que começam no campo.

Stakeholders do setor financeiro

O setor financeiro é fundamental para impulsionar mudanças nas cadeias de abastecimento de soja livre de desmatamento e de conversão, e deve desempenhar um papel em desviar os fluxos financeiros dos modelos de desenvolvimento de alto risco. Neste contexto, atualmente o SCF está envolvido com o Grupo de Praticantes de Commodities Sustentáveis dos Princípios para Investimentos Responsáveis (Principles for Responsible Investment’s Sustainable Commodities Practitioners’ Group), uma rede de investidores apoiada pelas Nações Unidas, para dar feedback construtivo sobre a formulação da sua Política de Desmatamento modelo e, assim, garantir que os investimentos sejam direcionados para negócios responsáveis.

Além disso, o SCF alocará recursos para as intervenções na paisagem a fim de criar os incentivos financeiros necessários para limitar a conversão do Cerrado. Neste contexto, estamos trabalhando na busca por stakeholders do setor financeiro para nos ajudar a alavancar todo o potencial dos nossos esforços na transformação das paisagens.

Iniciativas da Nacionais Europa em relação à Soja (ENSI, European National Soya Initiatives)

A ENSI é um conjunto de iniciativas da Europa voltadas ao apoio à transição para cadeias de fornecimento de soja sustentáveis. Estamos nos empenhando em estabelecer conversas produtivas com os representantes da ENSI para alinhar os nossos objetivos aos interesses do mercado europeu.

 

Fórum de Bens de Consumo (The Consumer Goods Forum)

Conforme compromisso assumido em junho de 2021, as nossas relações com empresas que fazem interface direta com os consumidores (como a Coligação de Ação para uma Floresta Positiva do Fórum de Bens de Consumo) ganharam força e levaram à formação de vários workshops construtivos. No entanto, devemos estreitar essas relações para buscar alinhamento com um conjunto de princípios coletivos para a contabilização de soja DCF, e o desenvolvimento de oportunidades de investimento conjunto para intervenções na paisagem do Cerrado. Estamos estabelecendo grupos de trabalho para focar em temas específicos, como a definição de indicadores comuns para medir o progresso do cultivo de soja DCF, e a identificação de oportunidades coletivas para iniciativas nas paisagens.

 

Ao longo de 2021, o nosso foco foi estabelecer uma colaboração construtiva entre o Soft Commodities Forum e o Grupo de Trabalho da Soja da Coligação de Ação para uma Floresta Positiva do Fórum de Bens de Consumo. Com uma mentalidade compartilhada de confiança e transparência, alcançamos o equilíbrio ideal entre discutir alinhamentos de longo prazo sobre alguns dos aspectos mais complexos ligados ao desmatamento e a conversão de terra impulsionados pelo cultivo de soja, e tomar medidas de curto prazo sobre temas como regras comuns de monitoramento e chegar a um entendimento sobre as realidades e soluções para os riscos do ecossistema nas paisagens brasileiras.

Eu realmente acredito que essa nova base nos ajudará a alcançar o alinhamento necessário entre os principais stakeholders ao longo da cadeia de abastecimento de soja, e avançar rapidamente em direção aos nossos objetivos comuns de cultivo de soja livre de conversão e apoio às florestas

Yann Vuillerod

Copresidente, Soy Working Group, The Consumer Goods Forum Forest Positive Coalition

Líder Global de Originação Sustentável, Cereais & Soja, Nestlé

Jeroen Gerlag

Atualmente, o Soft Commodities Forum é uma das iniciativas mais bem posicionadas e eficazes para combater o desmatamento e a conversão de terra. Temos interesse em entender, de um ponto de vista mais prático, como podemos implementar juntos a nossa política de investimentos anti-desmatamento. Em primeiro lugar, devemos avaliar se as traders e as suas cadeias de abastecimento estão preparados para implementar e relatar sobre as solicitações da política, especialmente em relação à rastreabilidade. A prestação de contas de toda a cadeia de abastecimento e dos próprios investidores é fundamental para gerenciar os eventos e riscos das mudanças climáticas no local. Em segundo lugar, é mais uma ocasião para começar a desenvolver os possíveis cenários de transição para os locais onde houver ocorrência de desmatamento.

Ana Lima
Chefe do setor de meio ambiente, Principles for Responsible Investment’s Sustainable Commodities Practitioners’ Group

Jeroen Gerlag

Próximos passos

w

Engajamento com produtores

Vamos estabelecer diálogo com associações de produtores para maximizar a exposição e receptividade da estratégia do SCF em relação às paisagens.
f

Ampliação do mercado para o cultivo de soja livre de desmatamento

Trabalhando com os elos na parte mais inferior da cadeia, especialmente com o setor de ração animal, manteremos os nossos esforços para desenvolver planos conjuntos, testar soluções, e estabelecer um mercado sólido para o cultivo de soja sem desmatamento.