Transformação de paisagens

Por que fazemos isso?

O SCF está na vanguarda da mobilização de parcerias que identifiquem, invistam e ampliem soluções para o uso mais sustentável do solo no Brasil e em outros países. Juntas, essas soluções criam uma estratégia de conservação da paisagem que coloca produtores e comunidades locais no centro da tomada de decisões sobre o futuro e sobre como o solo deve ser manejado, cultivado e conservado para beneficiar todos que vivem nele.

Com novas legislações nos países consumidores que estabelece parâmetros para a importação de commodities e sua conexão com o desmatamento e com o aumento dos investimentos no uso sustentável do solo, as empresas-membro do SCF estão em uma posição única para vincular recursos diretos de todas os atores envolvidos na cadeia produtiva do Cerrado. Os membros do SCF trabalharão de forma colaborativa com eles para fortalecer soluções no nível da paisagem que abordem as causas do desmatamento, forneçam incentivos para a restauração e reduzam as emissões de gases de efeito estufa.

Onde estamos

Iniciativa Farmer First Clusters

O SCF criou a iniciativa Farmer First Clusters para administrar e direcionar fundos de forma estratégica. A iniciativa envolve uma combinação inteligente de soluções para abordar o desmatamento relacionado ao cultivo de soja em quatro paisagens importantes do Cerrado. São elas: oeste de Mato Grosso, sul do Maranhão, oeste da Bahia e Tocantins.

A iniciativa Farmer First Clusters envolve mapear e entender uma determinada paisagem, engajar stakeholders locais e identificar qual combinação de soluções terá impacto mais positivo na alavancagem de uma mudança para o uso mais sustentável do solo. A iniciativa envolve a implementação e ampliação dessas soluções, bem como a medição do impacto, o aprendizado e a adaptação do modelo de forma contínua.

As soluções incluem compensação pelo excedente de reserva legal, financiamento verde, restauração, expansão em áreas de pastagem, integração lavoura-pecuária-floresta e programas de extensão agrícola para promover a conformidade (compliance) com o código florestal e práticas sustentáveis. Até setembro de 2022, o SCF terá identificado a lista inicial de agricultores e produtores que receberão assistência e terá estabelecido parcerias com parceiros técnicos e de financiamento para ajudar a mobilizar e gerenciar os investimentos.

Histórias do campo

Maranhão: soja sustentável para frear desmatamento

Maranhão: soja sustentável para frear desmatamento

Região sul do estado é um dos pontos mais críticos de conversão no Cerrado. Produtores conscientes e agências usam ferramentas de tecnologia e práticas sustentáveis para crescer com responsabilidade ambiental. O estado do Maranhão representa o "Ma" do acrônimo...

Mato Grosso: reduzindo o desmatamento para crescer mais

Mato Grosso: reduzindo o desmatamento para crescer mais

Em nenhum lugar do Brasil se produz tanta soja quanto no estado do Mato Grosso. Das cerca de 125 milhões de toneladas de soja cultivadas no país na safra 2019/2020, mais de um quarto tem origem em território mato-grossense. O protagonismo de Mato Grosso na soja...

Bahia: no leme da produção de soja sustentável no Matopiba

Bahia: no leme da produção de soja sustentável no Matopiba

Aos 12 anos, Celito Breda já colhia soja com as próprias mãos, na região de Jacutinga, interior do Rio Grande do Sul. Celito passou mais de uma década trabalhando com agricultura na região Sul do Brasil. Até que em 1988 migrou para o oeste da Bahia onde foi um dos...

What’s next

 

These solutions will require the entire value chain to engage, first and foremost by quantifying and mobilizing the necessary investment and enabling factors that will bring value to the producers.

Próximos passos

I

Implementação

Aplicação do modelo de financiamento em municípios prioritários no Cerrado.

Mobilização de recursos para a iniciativa Farmer First Clusters

Mobilização de recursos para apoiar e ampliar as intervenções, em parceria com parceiros da cadeia de valor da soja, instituições financeiras e investidores comprometidos em participar de soluções comuns de transformação de paisagens no Cerrado.

Acompanhar o progresso

Com o aumento dos investimentos, medir o progresso por meio de um conjunto de métricas capazes de demonstrar o impacto e oferecer um caminho para outras organizações que desejarem alavancar investimentos para transformar o uso do solo em países produtores de commodities.