Sobre este relatório
Desenvolvido em um processo colaborativo e inclusivo, o relatório de progresso bianual do SCF ajuda a criar entendimento, visão e estratégia comuns para uma solução duradoura para o desmatamento e a conversão de vegetação nativa (NVC) causados pelo cultivo de soja no Cerrado brasileiro.

O trabalho do SCF se concentra em 61 municípios dessa região que foram responsáveis por 26% de toda a soja plantada no local no ano-safra 2020/2021 (fonte: Agrosatélite) e representam 70% do risco recente de desmatamento e conversão relacionados ao cultivo de soja no Cerrado.

O SCF divulga seu progresso duas vezes ao ano, em junho e em dezembro. Este é o sétimo relatório, que detalha os progressos conjuntos realizados desde dezembro passado e as principais prioridades para o futuro.

Além de compilar os principais dados de rastreabilidade dos membros do SCF, o relatório fornece indicadores atualizados de sucesso e progresso em três frentes de trabalho:

Com a publicação deste relatório, as seis empresas que fazem parte do SCF – líderes globais nos setores de agronegócio e principais exportadoras de soja do Brasil – reafirmam seu total compromisso com uma solução abrangente que permita o aumento da produção de soja e proteja o Cerrado.

Nossos agradecimentos especiais aos parceiros Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (ABIOVE), Agrosatélite, Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (IPAM), Olab, The Consumer Goods Forum, IMAGINE Food Collective, Tropical Forest Alliance (TFA), The Nature Conservancy (TNC), Proforest, Produzindo Certo, Estratégia: Produzir, Conservar e Incluir (PCI), bem como outros parceiros importantes dentro e fora da cadeia de valor.

Manifestamos nossos sinceros agradecimentos pelo engajamento, apoio, orientações e visões desafiadoras ao longo dos anos.